Ficha técnica de personagens

A criação de personagens é um processo técnico e começa com um projeto. Ela precisa estar de acordo com o conceito da história, a jogabilidade do jogo ou estilo da história. Abaixo, um exemplo de tabela de pré-projeto com as informações que você e sua equipe precisarão saber para criar os personagens.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Primeiro é importante nomear o personagem e definir a sua função no jogo ou na história. No Contexto, informe um pequeno conceito descritivo e biográfico sobre o personagem. A profundidade do contexto irá depender do tipo do personagem. A Classe da personagem vai indicar o grupo ao qual ela faz parte, se é um tipo ou indivíduo, se faz parte do time de futebol da história… A classe irá ajudar a definir as formas recorrentes.

As formas recorrentes são informações voltadas para personagens que serão visuais, sendo dispensáveis se você está apenas escrevendo um livro sem figuras, por exemplo. Mas no caso de filmes, livros ilustrados ou jogos, o campo das formas recorrentes servirá para indicar formas geométricas que fazem parte da estrutura da personagem. Indivíduos mais ativos e ágeis tendem a ser mais esguios, enquanto formas mais arredondadas caracterizam personagens mais lentos e estáveis.

Referências são personagens ou imagens já existentes que o ilustrador pode usar como fonte de inspiração. Acessórios apontam objetos recorrentes que situam a personalidade da personagem na narrativa.

A paleta de cores, detalhamento da figura e informações gerais são algumas informações extras que serão definidas pelo diretor de arte, e a sua presença na ficha dará mais segurança para a repetição do desenho, funcionando como uma ficha-técnica.

Leave a Comment