O que é um jogo?

A indústria dos jogos, em 2017, já superou a indústria cinematográfica em faturamento. Ficou impressionado? A maioria das pessoas busca jogos para relaxar ou para socializar com os amigos. Também existem os jogadores profissionais, chamados de atletas do e-sports. Apesar do sucesso, definir o que é exatamente um jogo ainda é uma atividade difícil.

Jogo não é brincadeira

Um brinquedo é um artefato utilizado em uma brincadeira, por exemplo, uma bolinha de papel. Uma brincadeira, por sua vez, é uma atividade lúdica com o objetivo de entreter, por exemplo: uma guerra de bolinhas de papel entre crianças. A brincadeira só passa a ser vista como um jogo a partir do momento que tem regras.

Elemento universal de todas as culturas humanas, um jogo é uma atividade voluntária e autossuficiente, exercida dentro de certos limites de tempo e de espaço, de acordo com um sistema formal de regras pré-definidas e de comum acordo, com uma função lúdica, acompanhada por sentimentos de tensão e alegria e da uma consciência de ser uma atividade diferente da vida cotidiana. Essa foi a definição de jogo estabelecida por Johan Huizinga, em 1938.

O filófoso Ludwig Wittgenstein propõs uma série de questionamentos a respeito do que é um jogo e mostrou que as delimitações relacionadas a entretenimento, regras ou nível de competição não estão presentes em todos os jogos, sendo insuficientes para definir o que é um jogo de maneira universal. Apesar disso, todos nós concordamos que sabemos reconhecer um jogo quando vemos ou experienciamos um.

Elementos do Jogo

Um jogo precisa de jogadores, de regras e de um objetivo. Os jogadores são as pessoas que interagem com o jogo, diferente de alguém que apenas assiste. O usuário do jogo tem o poder de fazer escolhas diante de desafios, na expectativa de uma recompensa. A interatividade é a peça chave nesse caso. As regras são os elementos que diferenciam os jogos de uma simples brincadeira. São elas que irão guiar o jogador rumo ao seu objetivo. Todos os jogos possuem objetivos, a curto ou a longo prazo. Em alguns casos, os objetivos se renovam ao desenrolar da narrativa do jogo.

Jogos Antigos

Jogo de UR

Os jogos tradicionais evoluíram aos poucos ao longo dos séculos. Foram encontrados resquícios de um exemplar de jogo datado de 2.600 Antes de Cristo, durante escavações realizadas em 1920 nas ruínas da cidade-estado de Ur, antiga Suméria, atual Iraque. O Jogo de Ur é formado por um tabuleiro, dois times com 7 peças cada e 3 dados piramidais a serem rolados para indicar quantas casas cada peça deve andar a cada jogada.

O mais antigo hieróglifo citando um jogo data de 3.100 Antes de Cristo, período da primeira disnatia egípcia, e mostra o jogo Senet, que significa o “jogo da passagem”. Concebido para ser a representação da Jornada de Ka para outra vida, frequentemente aparece em escrituras sendo jogado diante das tumbas do Egito.

Tabuleiro de Senet

O tabuleiro de Set tem 3 colunas com 10 casas cada, sendo 6 delas sagradas, para onde o jogador deverá guiar suas peças e a peça que estiver nela não pode ser atacada. Cada jogador tem 5 peças, dispostas alternadamente no tabuleiro. A cada jogada, o jogador puxa 4 “cartas” que são brancas de um lado e pretas do outro, e o número de cartas brancas indica quantas casas o jogador pode andar. Ganha quem conseguir realizar a passagem.

As “cartas” de dupla face que funcionam como dados em Senet possuem alguma semelhança com as tiras de papel nascidas no Oriente, datando do século X a.C., mas foi apenas no século XVI que os jogos de cartas ficaram conhecidos na Europa e ganharam fama mundial.

Jogos Modernos

Os jogos modernos, diferentemente dos tradicionais, não evoluíram pouco a pouco ao
longo dos séculos. São jogos que possuem um ou mais autores específicos, muitas vezes reunidos por trás do nome de um fabricante, e cujos primeiros exemplares surgiram no século XVII, tendo atingido o sucesso dos lançamentos em grande número no século XX.

O jogo moderno mais conhecido é o Monopoly, lançado na década de 30, nos Estados
Unidos, e comercializado no Brasil como Banco Imobiliário. Atualmente, é vendido em mais de 80 países, já foi traduzido para mais de 25 línguas, e seu fabricante estima que 500 milhões de pessoas possam tê-lo jogado desde seu lançamento. Outros dos maiores sucessos mundiais são
Scrabble (Palavras Cruzadas), Cluedo (Detetive), Risk (War) e Trivial Pursuit.

Gêneros de Jogos

 

 

Essas categorias são definidas de forma bastante genérica por alguns designers de jogos em relação a mecânicas, temáticas e públicos. Subgêneros e combinações entre essas categorias são comuns e muitas vezes necessárias.

 

Leave a Comment